Facebook Linkedin Rss Youtube

Matriz geográfica para aprimorar a saúde pública d...

Centenários e crianças: não tão diferentes

Conferência de 2015 da Casa Branca sobre Envelheci...

Como a família pode manter o maior tempo possível ...

“Mãe” cuida dos pais

A política nacional de saúde bucal é uma prova da....

Contar, ou não, para o paciente que ele tem Alzhei...

Futuro do passado e do presente

Avalie este item
(0 votos)

matriz-geografica-para-aprimorar-a-saude-publica-do-pais-fotodestaqueSão 26 Concentrações Urbanas com mais de dois milhões e meio de habitantes, que abrigam quase 80 milhões de pessoas, e 158 Médias Concentrações Urbanas, que comportam 36 milhões de pessoas. Um desafio enorme do ponto de vista do planejamento de políticas públicas e da oferta de serviços essenciais à população, como a Saúde.

Avalie este item
(0 votos)

centenarios-e-criancas-nao-tao-diferentes-fotodestaquePesquisa realizada com centenários e crianças nos Estados Unidos revela estar com a família e férias são comuns, são as "melhores lembranças" para ambos os grupos. Disseram que uma alimentação saudável era importante para ficar bem, mas a verdadeira chave para a saúde é ter uma atitude positiva, foi o que a maior parte dos centenários respondeu.

Avalie este item
(0 votos)

conferencia-de-2015-da-casa-branca-sobre-envelhecimento-fotodestaqueO rosto da América está envelhecendo e ficando mais diverso já que os primeiros baby boomers atingiram a aposentadoria em 2011, acelerando um aumento populacional de americanos com mais de 65 anos. Nos próximos 15 anos, milhares de pessoas chegarão à  velhice, criando novas oportunidades.

Avalie este item
(0 votos)

como-a-familia-pode-manter-o-maior-tempo-possivel-seus-idosos-em-casa-fotodestaqueParecer do CNECV propõe a elaboração em Portugal de “um programa de enquadramento” das instituições que acolhem idosos e que estas adotem um Código de Ética. Recomenda assegurar o respeito pela privacidade para a pessoa que residir num lar, respeitando sua identidade e liberdade de decisão, sobretudo no que se refere ao uso das próprias roupas e objetos pessoais, bem como receber ou recusar visitas e também aceitar ou negar cuidados de saúde.

Avalie este item
(0 votos)

mae-cuidar-dos-pais-fotodestaqueRabujo igual aos que amam. Quando amamos, temos urgência em proteger, por isso somos mais do que sinaleiros, apontando, assobiando, mais do que árbitros, fiscalizando para que tudo seja certo, seguro. E rabujamos porque as pessoas amadas erram, têm caprichos, gostam de si com desconfiança, como creio que é normal gostarmos todos de nós mesmos.

 

itau viver mais                                                      madri horizontal                                                     

tena

                                                     puc