Facebook Linkedin Rss Youtube

O inominável, em três atos: encantos e desafios de...

Idosos que cuidam dos próprios dentes são mais sau...

Foi Golpe!

Aquarius, filme de setembro do Itaú Viver Mais

Juventude aos 60 anos

Diálogos: espaço relacional de aprendizagens e tro...

Virada da Maturidade! Vida longa!

O envelhecer no olhar de uma neta

Avalie este item
(0 votos)

o-inominavel-em-tres-atos-encantos-e-desafios-de-uma-experiencia-intergeracional-fotodestaqueArtigo relata experiência de sensibilizar e capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social, vinculados à Ong Projeto Quixote/Unifesp, em favor da temática da velhice e do envelhecimento para que, em um futuro próximo possam trabalhar, como voluntários ou em emprego formal, como agentes socioculturais junto ao segmento idoso, reinventando, assim, seu presente e futuro.

Avalie este item
(0 votos)

o-que-vamos-fazer-depois-do-trabalho-foto-destaquelateralO livro “O que vamos fazer depois do trabalho?” traz importantes reflexões sobre a preparação para aposentadoria. Aborda diversos aspectos relacionados ao papel da atividade física no bem-estar na aposentadoria, da alimentação e nutrição, na perspectiva de um estilo de vida saudável. Também discute o acesso às novas tecnologias, a convivência com animais de estimação, o cinema como uma alternativa de entretenimento e de educação não formal e a relação com o meio ambiente.

Avalie este item
(0 votos)

supermercado-e-responsavel-pela-seguranca-de-idosa-em-estacionamento-fotoArtigo trata de segurança em supermercado, o qual foi condenado a pagar indenização à cliente idosa que sofreu sequestro-relâmpago em área destinada ao estacionamento de sua loja. A expressão independentemente da existência de culpa, deixa clara a opção do legislador pela chamada responsabilidade objetiva. O fornecedor estará obrigado a reparar os danos causados ao consumidor decorrentes de seus produtos ou serviços colocados no mercado de consumo.

Avalie este item
(0 votos)

idosos-que-cuidam-dos-proprios-dentes-sao-mais-saudaveis-fotodestaqueAs doenças periodontais não precisam fazer parte da vida de quem passou dos 60, ao contrário do que diz a crença popular. Elas podem ser evitadas com a ajuda de profissionais qualificados que podem dar dicas, entre elas, a higiene bem feita, com escovação após todas as refeições, dada pelo odontogeriatra Fernando Luiz Brunetti Montenegro.

Avalie este item
(0 votos)

foi-folpe-dotodestaqueA velhice havia chegado e corria tranquila, na medida do possível. Mas o destino foi sagaz. Quis mostrar quem é que tem o poder nas mãos. Poder que o faz senhor soberano das vidas humanamente e humildemente sentidas.  E sem se importar com o entorno, sem valer dos destroços que poderiam soterrar a existência daquele homem inteligente e sábio, o golpe foi dado e o derrame aconteceu naquele cérebro cheio de sonhos e desejos.

 

 

itau viver mais                                                      madri horizontal                                                      puc