Facebook Linkedin Rss Youtube

Caminhando e correndo com quem cuida

Rubem, meu amigo, e depois da morte?

Por el fin de una vida en soledad, en España

Defensoria Pública faz atendimento especial à popu...

A vida renasce aos 60

Aposentadoria por idade: qual é o tempo de carênci...

Carreira, consumo e desfrute na perspectiva do fut...

Las personas mayores se hacen más vulnerables dura...

Avalie este item
(0 votos)

cancer-de-colo-de-utero-e-mama-fotoSeminário tem como objetivo refletir sobre os desafios que se apresentam para o controle destas patologias no município de São Paulo. Trata-se de oportunidade de desenvolvimento do diálogo entre as instituições públicas com responsabilidade no tema. Por isso o público-alvo são gestores, técnicos e parceiros da SMS, Instituições Notificadoras de câncer, pesquisadores e alunos.

Avalie este item
(0 votos)

caminhando-e-correndo-com-quem-cuida-fotodestaqueEste é o lema da Rio 6k TENA, corrida de rua focada na terceira idade, a ser realizada nas ruas de Copacabana, Rio de Janeiro, no próximo dia 9 de novembro. Familiares, amigos ou cuidadores de idosos correm juntos a partir de uma única inscrição, que já está aberta no site da prova. O evento pretende contribuir para que as famílias realizem, cada vez mais, atividades físicas juntas e tenham momentos de lazer em conjunto.

Avalie este item
(0 votos)

rubem-meu-amigo-e-depois-da-morte-foto-destaqueNos últimos anos, Rubem pensava e escrevia muito sobre a morte. E depois da morte? Esta pergunta ele responde com termos da mitologia moderna. “Voltarei para o lugar onde estive sempre, antes de nascer, antes do big-bang. Durante esses bilhões de anos, não sofri e não fiquei aflito para que o tempo passasse. Voltarei para lá...”.

Avalie este item
(0 votos)

por-el-fin-de-una-vida-en-soledad-en-espana-fotodestaquePara más de 1,8 millones de personas en España, cada día es igual que el anterior. Son personas mayores que viven solas, sin que el resto apenas se percate. Pasan semanas y ni familiares ni amigos acuden a visitarles. En ocasiones, porque ya no hay familia ni amistades.

Avalie este item
(0 votos)

defensoria-publica-faz-atendimento-especial-a-populacao-idosa-fotodestaqueEstudantes do curso de graduação em Gerontologia da USP realizam estágio na Defensoria Pública da Capital (SP). Inicialmente, entre 6 e 8 estudantes irão desenvolver o estágio às quartas-feiras, das 8 às 12 horas. O objetivo é que os estudantes possam identificar, propor e desenvolver intervenções gerontológicas para melhor acolhimento e atendimento à população idosa pela instituição.

 

itau viver mais                                                      madri horizontal                                                     

logo-olhe

                                                     puc